• 0 votos - 0 média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
como provar gênero sem empurrar gente pra baixo do ônibus?
#7
A própria definição acadêmica de gênero inclui a definição social e cultural de papéis sociais (que podem se basear em características sexuais) e também a identidade de gênero, então é claro que não dá pra definir gênero sem citar qualquer dessas coisas.

Não acho que o caminho certo é tentar provar que "gênero existe", porque não é uma coisa física ou tangível para as pessoas, ou pelo menos, não é num sentido muito óbvio. Porque gênero é uma questão mais epistemológica (como a teoria queer diz). A sociedade primeiro constrói gênero como uma classificação e divisão de corpos, que a sociedade ocidental costuma dividir entre "mulher" e "homem", todas as normas sociais vêm em seguida, que pode variar bastante de cultura pra cultura.

A definição que eu recentemente ouvi e que eu gosto bastante, é que ser uma pessoa não-binária é uma questão da impossibilidade (ou dificuldade) de viver honestamente ou autenticamente ou de forma mentalmente saudável, dentro das normas sociais e culturais binárias da sociedade. Essa definição eu acho bastante interessante porque ela coloca uma visão cultural mais ampla ao invés de dizer apenas que "não é homem nem mulher", e também permite entender que a definição de gênero varia com o tempo e cultura, e que pessoas não-binárias sempre existiram.

Daí eu acho que dá pra partir para uma aproximação diferente. Assim que conseguimos mostrar que existem pessoas que não se sentem confortáveis com as normas binárias de gênero impostas pela sociedade, podemos ir na linha do "porquê que classificações de gêneros não-binários existem" ao invés de tentar provar "porquê gêneros existem". Daí os motivos que podemos dar são muitos, as pessoas tentam classificar como se sentem a partir das classificações existem, como que suas experiências comparam com outras experiências de outras pessoas, então a necessidade aí está ligada a um auto-entendimento, mas além disso, serve para organização e compartilhamento de experiências entre outras pessoas. As pessoas podem externalizar, explicar e nomear suas experiências para outras pessoas, e isso é muito importante para a aceitação e compreensão de outras pessoas. Também serve para organização de movimentos identitários, para criar uma comunidade onde as pessoas podem se organizar e solicitar direitos e reconhecimento social, é uma reivindicação social.
  Responder


Postagens neste tópico
como provar gênero sem empurrar gente pra baixo do ônibus? - por QueerNeko - 17-07-2017, 06:21 AM

Possíveis tópicos relacionados...
Tópico: Autore Respostas: Visualizações: Última mensagem
  Conceito: Reducionismo de gênero Aster 4 3.969 15-10-2020, 06:13 PM
Última mensagem: mistério
  Estatuto da Diversidade Sexual e de Gênero Oltiel 1 1.737 22-12-2017, 01:03 PM
Última mensagem: Aster

Saltar para a área:


Usuáries vendo este tópico: 1 visitante(s)