QueerNeko
Administradore
a/ela/a
a/ila/a

Estado:
QueerNeko is Offline
Última Visita:
16-09-2020, 09:32 PM
Agradecimentos totais recebidos:
2 (0 por dias | 2.86% do total 70)
(Encontrar todos os tópicos onde ganhou agradecimentosEncontrar todas as postagens onde ganhou agradecimentos)
Agradecimentos totais dados:
0 (0 por dias | 0% do total 70)
(Encontrar todos os tópicos que agradeceuEncontrar todas as postagens que agradeceu)
Tempo Online:
11 horas, 48 minutos, 23 segundos
Total de Mensagens:
90 (0,1 mensagens por dia | 5.49 porcento do total de mensagens) (Procurar Todas as Mensagens)
Total de tópicos:
9 (0,01 tópicos por dia | 2.95% de todos os tópicos.) (Procurar Todos os tópicos)
A postagem mais Com agradecimento de QueerNeko
Assunto da postagem Números de Agradecimentos
O separatismo do T da sigla e a relação com TERFs e conservadores cristãos 1
Assunto do tópico Nome do Fórum
O separatismo do T da sigla e a relação com TERFs e conservadores cristãos Opressões
Mensagem da postagem
Estava lendo um artigo que falava sobre uma instituição conservadora cristã e também um grupo de ódio anti-LGBTQIAPN+, a Family Research Council, e como a estratégia atual desses grupos é enfraquecer o ativismo trans tentando posar como grupos pró-LGB "progressistas", usando argumentos pseudo-científicos, baseado em argumentos de feministas radicais e de estatísticas falsas e enganosas.

https://www.splcenter.org/hatewatch/2017...rate-t-lgb

Também lembrei de outro artigo que falava de uma organização feminista radical que fazia amicus curiae em julgamentos relacionados com alguma pessoa trans. Essa organização recebe dinheiro de grupos cristãos conservadores anti-aborto e anti-LGBTQIAPN+.

http://transadvocate.com/fake-radical-fe..._20207.htm

Isso me faz pensar que o direito de pessoas trans é o principal campo de batalha que esses grupos cristãos querem atacar, além de que é uma tentativa de enfraquecer o ativismo LGBTQIAPN+ tentando separar em grupos menores. Além disso existe a união de grupos de TERFs com esses grupos cristãos, o que demonstra cada vez mais o conservadorismo disfarçado de progressivismo de TERFs. Por isso que é importante que a comunidade LGBTQIAPN+ seja mais inclusiva, porque exclusionismo é exatamente o que essas pessoas querem.