Boas vindas, Visitante
Você tem que se registrar antes para poder postar no fórum.

Nome de tela
  

Senha
  





Pesquisar no fórum



(Pesquisa avançada)

Estatísticas do fórum
» Membres: 474
» Últime membre: Zezinho pica seca
» Tópicos do fórum: 307
» Postagens do fórum: 1.646

Estatísticas completas

Usuáries Online
35 usuáries online no momento.
» 0 Membre(s) | 32 Visitante(s)
Applebot, Bing, Google

Últimos tópicos
Tópico atemporal para ped...
Fórum: Site
Última postagem: Zezinho pica seca
30-11-2020, 09:59 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 824
Conhecem o Aplicativo Pro...
Fórum: Conjuntos de Linguagem & Aplicações
Última postagem: Aster
30-11-2020, 07:55 PM
» Respostas: 1
» Visualizações: 24
Sugestão: Termos juvélico...
Fórum: Identidades
Última postagem: kau
26-11-2020, 06:16 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 236
que tal um tópico com tra...
Fórum: Identidades
Última postagem: mimi
26-11-2020, 03:06 PM
» Respostas: 5
» Visualizações: 2.145
Hétero
Fórum: Identidades
Última postagem: cinza
24-11-2020, 05:58 PM
» Respostas: 2
» Visualizações: 1.478
Tópico obrigatório de míd...
Fórum: Geral
Última postagem: cinza
24-11-2020, 05:12 PM
» Respostas: 9
» Visualizações: 2.865
Apresentações de introduç...
Fórum: Identidades
Última postagem: Aster
09-11-2020, 11:31 PM
» Respostas: 10
» Visualizações: 3.504
[Em inglês] Bares gays po...
Fórum: Opressões
Última postagem: Aster
06-11-2020, 11:55 PM
» Respostas: 8
» Visualizações: 2.150
Imagens coloridas indican...
Fórum: Opressões
Última postagem: Aster
06-11-2020, 10:49 PM
» Respostas: 16
» Visualizações: 4.641
Rambling: identidades mon...
Fórum: Opressões
Última postagem: cinza
06-11-2020, 10:16 PM
» Respostas: 3
» Visualizações: 1.162

 
  Conhecem o Aplicativo ProNeutrex ?
Postagem por: Emanueli - 30-11-2020, 05:53 PM - Fórum: Conjuntos de Linguagem & Aplicações - Respostas (1)

Olá Pessoal, como vão ?

Trago à vocês uma curiosidade (não sei se boa ou ruim, vocês que decidem).

Mas estava eu, navegando na Play Store, e encontrei um aplicativo que tem uma proposta aparentemente legal. 

 - "Traduzir os textos para o vocabulário neutro".

O nome é "ProNeutrex", deixarei o link aqui para vocês verem também: https://play.google.com/store/apps/detai...proneutrex

       

Me parece que possui alguns erros ainda de tradução, mas pelo que vi, a tradução das palavras é aberta para que, caso seja encontrada alguma palavra incorreta, possa ser alterada para certa.

Deem uma olhada lá depois.  Heart


  Sugestão: Termos juvélicos para pessoas isogênero
Postagem por: Lili - 06-11-2020, 05:35 PM - Fórum: Identidades - Respostas (5)

Como alguém que não se sente acolhidæ pelo termo cis ou trans, e consequentemente trans não-bináriæ, estou experienciando desconforto com termos juvélicos que de modo geral "só" englobam enebês. Por isso, além de lançar aqui esta ideia, quero de saber se existem projetos que descrevem tanto atrações específicas quanto relacionamentos abarcando indivíduos isogênero para poder analisar ainda mais a minha realidade e para não ter que lidar com a sensação de estar invadindo uma identidade que não me pertence.


  Dúvida sobre aegossexualidade [ac: aborda ato sexual]
Postagem por: Lili - 04-11-2020, 08:21 AM - Fórum: Questionando - Respostas (5)

Já vi pessoas dizerem que se identificam com essa identidade por fantasiarem sobre sexo e/ou consumirem conteúdos eróticos, muitas vezes apresentando excitação em resposta ao estímulo por este tratar tecnicamente de personagens fictícios, sem se colocarem como participantes e sem se colocarem como observadores (apenas possuindo como fantasia os indivíduos que praticam coito, e não o coito que é praticado por eles).

Levando em consideração o fato de ter sonhos eróticos periódicos que envolvem pessoas da meu dia-a-dia e em que estou participando do ato sexual, gostaria de saber se este rótulo é o mais específico para mim ou se até mesmo posso utilizá-lo por conta da diferença que apresento no que diz respeito a outras vivências. Não me sinto particularmente excitadae ou afetadae após acordar e digerir o cenário que foi criado pela minha mente; na verdade, penso o quão esquisita e sem sentido foi aquela experiência.


  Dúvidas sobre o guia i/il/i e a utilização de conjuntos de linguagem diferentes
Postagem por: Lili - 31-10-2020, 02:56 PM - Fórum: Conjuntos de Linguagem & Aplicações - Respostas (1)

Recentemente, li uma postagem que propunha o uso do conjunto i/il/i como neolinguagem universal. Como prefiro transcrever as regras no caderno para poder folheá-lo quando estiver com dúvida ou quando não tiver certeza das regras gramaticas propostas, acabei ficando confusae com as substituições correspondentes ao final de palavra e com o funcionamento dos conjuntos de linguagem mais singulares.


Sobre pronomes oblíquos

Estaria correto substituir "a(s)" ou "o(s)" por "i(s)", "la(s)" ou "lo(s)" por "li(s)", e "na(s)" ou "no(s)" por "ni(s)"? Estaria correto substituí-los, por exemplo, pelo meu artigo? Se não, existe consensos sobre o que utilizar para eles?

- Karine odiava-o com tanta força que foi embora. Karine odiava-i com tanta força que foi embora.

- Nós vamos amá-la com qualquer corpo. Nós vamos amá-li com qualquer corpo.

- Chamaram-no, com razão, de fascista. Chamaram-ni, com razão, de fascista.

Sobre pronomes demonstrativos

Estaria correto substituir "próprias" ou "próprios" por "própris", e "várias" ou "vários" por "vári(i)s"? Estaria correto substituí-los, por exemplo, pelo meu artigo? Se não, existem consensos sobre o que utilizar para eles?

- A própria advogada que me indicou. I própri advogadi que me indicou.

- Vários cientistas alertaram sobre o planeta. Vári(i)s cientistas alertaram sobre o planeta.

Sobre contrações das preposições

Estaria correto substituir "pra" ou "pro" por "pri", "pela" ou "pelo" por "peli", e "à(s)" ou "ao(s)" por "ai(s)"? Estaria correto substituí-los, por exemplo, pelo meu artigo? Se não, existem consensos sobre o que utilizar para eles?

- Ele olhou pra Malu com aquela cara de birra. Il olhou pri Malu com aquela cara de birra.
- Pelos meus irmãos eu faço de tudo. Pelis minhis irmanis eu faço de tudo.
- Entregue ao porteiro esses papéis. Entregue ai porteiri esses papéis.

Sobre numerais

Estaria correto substituir "duas" ou "dois" por "duis"? Estaria correto substituí-los, por exemplo, pelo meu final de palavra? Se não, existem consensos sobre o que utilizar para eles?

- Respeite aquelas duas. Respeite aquils duis. / Respeite aquilaes duaes.

Sobre desinências

Estaria correto mudar somente os finais de palavra das mais infrequentes, como "oa(s)" no feminino ou "ão(ões)" no masculino por "oi", "ona(s)" no feminino ou "ão(ões)" no masculino por "oni(s)", "onete(s)" no feminino ou "om(ons)" por "oni(s)", "eia(s)" no feminino ou "eu(s)" no masculino por "ei(s)", "usa(s)" no feminino ou "us(uses)" no masculino por "usi(s)", e "ua(s)" no feminino ou "u(s)" no masculino por "ui(s)"?

- Leoa, leão. Leoi.
- Patroa, patrão. Patroi.

- Que chora muito: Chorona, chorão. Choroni.
- Que é muito grande: Grandona, grandão. Grandoni.

- Garçonete, garçom. Garçoni.

- Plebeia, plebeu. Plebei(i).
- Ateia, ateu. Atei(i).

- Deusa, deus. Deusi.
- Deusas, deuses. Deusi(i)s.

- Nua, nu. Nui.
- Crua, cru. Crui.

Sobre substituições neutras para termos biformes fora do padrão e para substantivos heterônimos

Em ambos, estaria correto fazer como no item anterior, apenas modificando o final que seja diferente do que utilizo?

- Boa, bom. Boni. / Bonae.
- Má, mau.  Máli.
- Avó, avô. Avôi. / Avôae.
- Ré, réu. Réi(i).
- Princesa, príncipe. Princesi. / Princesae.

- Mãe, pai. Nai. / Nãe.
- Mamãe, papai. Nanai. / Nanae.
- Madrinha, padrinho. Nadrinhi. / Nadrinhae.
- Rainha, rei. Reinhe. / Reinhae.


OBS.: Todos os exemplos foram retirados deste link.


 Varinha Área nova: Conjuntos de Linguagem & Aplicações
Postagem por: Aster - 30-10-2020, 10:08 PM - Fórum: Fórum - Sem eespostas

Ultimamente, vários conteúdos sobre neolinguagem foram feitos, e senti uma necessidade de haver uma área separada para este assunto.

Antes, tópicos assim eram feitos na área Identidades, mas quando se fala em linguagem, nem sempre se está falando de uma questão cisdissidente ou inconformista de gênero. Se alguém quiser, por exemplo, tirar uma dúvida sobre a pronúncia da palavra senhore, porque está fazendo um podcast e quer usar a terminação e como neutra, isso tem a ver com alguma identidade? Se um homem cis que usa o/ele/o quiser perguntar sobre onde seria adequado mostrar o próprio conjunto de linguagem, isso tem a ver com ser LGBTQIAPN+? Se alguém quiser fazer uma postagem sobre o uso de a/ela/a ou de -/-/- como linguagem neutra, isso ainda tem muito a ver com "linguagem não-binária", o motivo pelo qual esse assunto ia na área de Identidades?

Assim como o assunto neolinguagem no Orientando ganhou uma seção própria, mas separada das outras, por não ser uma questão de gênero, orientação ou corporalidade, acho que faz sentido que o assunto de linguagem tenha uma área própria, que ainda esteja na categoria "dentro do assunto" do Orientando.

https://forum.orientando.org/forum-21.html

A área não se chama só linguagem porque queria explicitar que ela se trata especificamente de "gêneros linguísticos" em geral, e não do uso de termos, gírias ou pajubá. Dá pra discutir nela como "gêneros línguísticos"/linguagem neutra/neolinguagem funcionam em outras línguas, ou coisas como não-conformismo de linguagem e possíveis identidades dentro disso, mas a ideia é que a área seja pra discutir coisas como pronomes, títulos, sistemas de conjuntos de linguagem, neolinguagem, linguagem neutra e coisas assim, da linguagem associada com gênero num sistema conformista de gênero, cisnormativo e machista.

Algumas dúvidas que podem existir:

Faço meu tópico em Questionando ou Conjuntos de Linguagem & Aplicações?

Se alguém está questionando seu conjunto de linguagem - por exemplo, alguém se considera cis, mas gosta muito do conjunto y/ély/y e quer saber se poderia usar para si, ou alguém está acostumade com (e, ê)/elu/e mas quer sugestões de conjuntos que combinem mais com seu gênero do que um conjunto usado amplamente como neutro - sinceramente, eu acho melhor que estes tópicos fiquem em Questionando enquanto sejam sobre questões pessoais, mas entendo que algumas dúvidas possam ser tão abrangentes que os tópicos podem ser feitos na nova área.

Se a dúvida for "pessoas em tal situação podem usar tal coisa?" ou "que conjuntos vocês acham apropriados pra tal situação?", ela pode ir na área de conjuntos de linguagem. Se a dúvida for essencialmente "me ajudem com minha linguagem pessoal", acho que a área Questionando é mais apropriada.

Faço meu tópico em Opressões ou Conjuntos de Linguagem & Aplicações?

Discriminação contra pessoas que usam neolinguagem deve ir para a área Assuntos LGBTQIAP+ → Opressões.

Preconceitos e chacotas contra "linguagem neutra"... eu consigo imaginar casos onde a área de conjuntos de linguagem seja mais apropriada, mas na dúvida dá pra colocar em Opressões, visto que é algo que afeta muito pessoas cisdissidentes, que são as que mais tendem a ter linguagem que "não é óbvia".

Faço meu tópico em Artes → Produções ou Conjuntos de Linguagem & Aplicações?

Você vai ter que escolher se o ponto principal é uma produção artística (Produções) ou um material educativo/informativo (Conjuntos de Linguagem & Aplicações). Por exemplo, eu diria que uma história que foca em alguém que usa o conjunto i/ilae/e está mais para uma produção artística, ainda que sirva para ensinar pessoas sobre conjuntos, enquanto imagens que ensinam a usar o conjunto i/ilae/e e que só oferecem uma historinha como exemplo possuem um foco informativo.

Porém, esta é uma decisão que terá que ser feita por cada artista. A não ser que seja algo totalmente "seco", eu não vou reclamar de algo "artístico" na área de conjuntos ou de algo "pouco artístico" na área de produções artísticas.

A exceção é propostas de símbolos e bandeiras, porque por mais que sejam arte, acho que é mais relevante falar sobre isso na própria área de conjuntos, assim como bandeiras e símbolos sobre orientações e identidades de gênero vão em Identidades.


Livro Recursos sobre neolinguagem, conjuntos de linguagem e linguagem neutra
Postagem por: Aster - 30-10-2020, 08:54 PM - Fórum: Conjuntos de Linguagem & Aplicações - Sem eespostas

Então, eu fiz esses compilados que acho legal postar aqui também:

Neolinguagem
Links explicando, defendendo ou oferecendo propostas dentro da neolinguagem
http://singlel.ink/u/neolinguagem

Conjuntos de Linguagem
Links sobre conjuntos de linguagem focando no sistema artigo/pronome/final de palavra, desde guias e recursos até expansões e defesas.
https://singlel.ink/u/conjuntos

Linguagem Neutra
Recursos sobre linguagem neutra que não invalidam outras formas de linguagem neutra ou conjuntos de linguagem diferentes dos padrões.
https://singlel.ink/u/linguagemneutra

Vou deixar como tópico fixado por serem recursos bem úteis e completos pra quem quer aprender sobre os assuntos.

Se alguém tiver alguma sugestão de coisa pra adicionar, ou tiver feito algo parecido, é só falar!


Bandeira roxa arte intersexo?
Postagem por: cinza - 26-10-2020, 08:54 PM - Fórum: Produções - Respostas (2)

eu tava vendo o tópico de música, e que hoje é um dia intersexo, e queria saber se alguém sabe de alguma produção artística relacionada a ser intersexo?

histórias com personagens intersexo, jogos com personagens intersexo, músicas sobre ser intersexo, pinturas sobre ser intersexo, etc.


  PECLAs (Parágrafos de exemplos de conjuntos de linguagem abrangentes)
Postagem por: Aster - 24-10-2020, 06:04 PM - Fórum: Conjuntos de Linguagem & Aplicações - Sem eespostas

Enquanto estava trabalhando no meu vídeo sobre os sons da neolinguagem, pensei que seria legal ter um nome para parágrafos que tentam demonstrar o máximo possível de variações dentro de um conjunto, assim como um pangrama faz com letras.

Um pecla precisa ter ao menos os elementos de um conjunto de linguagem avançado:

• Artigo definido (padrões: a, o)
• Artigo indefinido (padrões: uma, um)
• Contração de de + artigo definido (padrões: da, do); também pode ser uma contração de em + artigo definido (padrões: na, no)
• Pronome pessoal reto (padrões: ela, ele)
• Contração de de + pronome pessoal reto (padrões: dela, dele); também pode ser uma contração de em + pronome pessoal reto (padrões: nela, nele)
• Pronome possessivo, que pode ser da primeira pessoa como minha/meu ou da terceira pessoa como sua/seu
• Pronome demonstrativo equivalente a essa/esse ou a esta/este na língua padrão
• Final de palavra (padrões: a, o. como em advogada ou aluno)

Porém, de preferência, deve demonstrar não só tais elementos (inclusive os que dá pra escolher entre um e outro) quanto os seguintes:

• Final de palavra equivalente a ea/eo na língua padrão (como em gêmea e contemporâneo)
• Final de palavra equivalente a ca/co na língua padrão (como em médica e farmacêutico)
• Final de palavra equivalente a ça/ço na língua padrão (como em moça e noviço)
• Final de palavra equivalente a ga/go na língua padrão (como em fidalga e amigo)
• Final de palavra equivalente a ora/or na língua padrão (como em trabalhadora e professor)
• Final de palavra equivalente a ia/io na língua padrão (como em não-binária e próprio)
• Final de palavra equivalente a ã/ão na língua padrão (como em guardiã e irmão)
• Final de palavra equivalente a osa ("ósa")/oso ("ôso") (como em musculosa e estudioso)
• Pronome demonstrativo equivalente a aquela/aquele na língua padrão (também pode ser uma contração equivalente a daquela/daquele ou a àquela/àquele)

Todos os finais de palavra devem estar realmente nos finais das palavras, para que seja possível ver exemplos de palavras com tais finais. Ou seja, "ilu usa a flexão u" não é tão útil quanto "ilu está atrasadu".

Eu não sei se esqueci de algo, mas estes são 21 critérios (ou 20, se não for contar o "final de palavra normal" visto que ele pode ser indicado em outros tipos de finais de palavra). Ofereço aqui, então, uns exemplos de peclas:

e/elu/e, 16/21 escreveu:Aquelu sue irmane gêmie quer ser médique. Elu é minhe amigue, então sei que é ume moce estudiose. Essu é e menine que conheço, sempre penso nelu, ne sonhadore.


e/elu/e, 16/21 escreveu:A bandeira é delu, de minhe parceire manhose. Elu é não-binárie, e é professore. Estu minhe amigue é quase ume irmane, mas e moce se considera sue únique aliade.

Juntando estes dois peclas acima, dá pra cobrir tudo isso que apontei. O primeiro não tem de + artigo, de + pronome, estu, final ie e artigo indefinido. O segundo não tem em + artigo, em + pronome, final ie/ee/e (equivalente a ea/eo), essu e aquelu.

Aqui está um outro exemplo, que escrevi para este artigo. Juntando os dois parágrafos, dá pra considerar que são peclas:

ly/ily/y, 13/21 escreveu:Ly Tai é não-bináriy. O gênero dily é maverique. Tai é umy estudante de Matemática, e ily quer ser professory no futuro. Isty moçy é mais conhecidy por ser umy ativista bi, e ily é visty como ly reinhy[1] da neolinguagem.

Mi amiguy Tai já quis ser médiquy antes, mas ily mudou de ideia. Ily também não tem mais o sonho de ser nay[2] de uma criança, mas ainda quer ser fadrinhy[3] de alguém. Uma postagem no blog dy Tai fala sobre tudo isso.

[] Versões neutras usando final de palavra y para rei/rainha (1), pai/mãe (2) e padrinho/madrinha (3).

Acho que peclas são úteis pra demonstrar conjuntos, mas principalmente para demonstrar preferências pessoais.

E então, vocês já escreveram peclas? O quanto preenchem os requisitos que coloquei acima? O quão curto dá pra fazer um pecla que preenche os primeiros 8 critérios? E todos os 21 critérios?


  Os sons da neolinguagem
Postagem por: Aster - 24-10-2020, 02:08 PM - Fórum: Conjuntos de Linguagem & Aplicações - Sem eespostas

Nossa, eu demorei muito pra fazer isso. Eu escrevi o script, daí gravei o áudio, daí tive que editar bastante o áudio, e daí ainda tive que achar imagens e músicas que funcionassem. Tentei não colocar uma estética muito específica, de uma forma que pareceria um vídeo meio genérico de WhatsApp, mas meio difícil fazer isso com música.

A maioria das músicas foram feitas por pessoas trans/NB. Só não sei sobre a última, feita por Jazzaria, mas fiquei satisfeite com 3/4.

https://cloud.disroot.org/s/ZB28j8qZYEEisBs

https://www.youtube.com/watch?v=0-sHknTS4fg



Algumas observações:

Eu tentei fazer tudo de acordo com normas gramaticais. Portanto, palavras paroxítonas com final de palavra I ou U ou são acentuadas (como em can-SÁ-di) ou são transformadas em oxítonas (can-sa-DI). Sei que tem gente que não liga pra isso.

Pra definir os pronomes demonstrativos (esse, estz, etc.), usei uma mistura do método de final de palavra (como em éssel para o conjunto ed/eld/el) com o método de substituir L por SS/ST (como em aess para o conjunto fa/ael/ae). Tem vezes que combinei ambos, como quando usei issi para i/il/i (o primeiro i vem de il e o último i vem da terminação i). Nada disso é uma regra. Sugiro prestar atenção no que cada pessoa quer, ou usar o que parecer melhor.

Não existem regras gramaticais para quando palavras terminam em W ou Y. Presumi então que estes fossem finais de som igual a U e I, mas sem a preocupação da acentuação ou de mudar a sílaba tônica. Novamente, isso depende mais do que cada pessoa pretende com seu conjunto, não das minhas decisões. Nenhum dos exemplos que eu dei deve ser aplicado a outras pessoas sem que elas queiram isso.


Xícara monogenerismo
Postagem por: cinza - 20-10-2020, 06:00 PM - Fórum: Opressões - Respostas (1)

eu gostaria de entender mais sobre monogenerismo. infelizmente, tudo o que acho são definições básicas. alguns exemplos são dados nesse texto:


Citação:Monogenerismo: A ideia de que ter um gênero (e um gênero apenas) é a norma. A ideia de que alguém "não pode só não ter gênero" é monogenerista; a falta de medidas que possibilitam ou facilitam alguém de indicar que é de gêneros diferentes (e que pode usar nomes/conjuntos de linguagem diferentes) em períodos diferentes é monogenerista.

monogenerismo parece cruzar bastante com os problemas trazidos por reducionismo de gênero:

  1. querer que pessoas escolham uma caixa de homem ou de mulher em vários aspectos da vida, sendo que essas pessoas são gênero-fluido entre esses gêneros, ou são homens e mulheres ao mesmo tempo
  2. não querer que pessoas que são um gênero binário e 1+ gêneros não-binários evidenciem o quanto são pessoas não-binárias que querem ser tratadas como tal e ainda terem sua identidade binária respeitada

eu também consigo pensar nessas possibilidades:

  1. o tratamento de não ter gênero como um gênero, exigindo que essas pessoas cumpram ou construam papéis sociais quando uma das características de não ter gênero é não ligar pra isso
  2. a quantidade de formulários onde alguém tem que escolher um gênero, onde mesmo se as opções incluírem a identidade não-binária alguém pode querer marcar que é homem e mulher, ou homem e mulher e não-binárie, ou gênero-fluido, ou outra coisa
mas... eu sei lá, né. eu queria principalmente as opiniões de quem sofre monogenerismo, mas também opiniões de quem já presenciou monogenerismo ou conhece sobre o assunto.

acho que existem muitas questões que precisam ser mais faladas dentro do exorsexismo, que afetam parte mas não todo mundo na comunidade não-binária. este tópico é um pedido para falar de um desses assuntos.