• 0 votos - 0 média
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
É possível pessoas bi serem homofóbicas? [aviso: homofobia, bifobia]
#1
Se tudo o que pessoas bi sofrem é por terem atração ao mesmo gênero, não é possível pessoas bi serem homofóbicas, estariam apenas reproduzindo homofobia.

Se bifobia está dentro de homofobia, é possível gays/lésbicas serem bifóbicos.

Mas se bifobia é completamente diferente de homofobia, o que várias pessoas bi defendem, gays/lésbicas podem ser bifóbicos /e/ pessoas bi também ser homofóbicas, não? Mas geralmente todos os comentários sobre homofobia de pessoas bi é tido como monossexista/bifóbico. Então como isso funciona?
  Responder
#2
Já refleti sobre esse assunto. Eu até hoje não vejo real diferença entre ser [x]-fóbique e reproduzir [x]-fobia. Mas isso não vem ao caso.

O máximo de homofobia que já vi de bissexuais - especificamente, homens cis - são os xingamentos básicos que muita gente, incluindo gays, usam no cotidiano, como viado e bicha.

Nunca li ou ouvi relatos de outras atitudes preconceituosas além dessa. Não acho impossível existir uma pessoa bissexual com posicionamento conservador e fundamentalista, e, com isso, fazendo declarações anti-LGBTQIAP+. Uma pessoa que, pelo que ouvi falar, é bi/pan (mas atualmente nega) e é reacionária é o tal do Alexandre Frota. Mas evito ter contato com qualquer coisa relacionada a ele.

Acho possível sim bissexuais terem atitudes homofóbicas. Mas é aquela coisa da opressão lateral que Tath comentou comigo uma vez; um grupo oprimido comete opressão contra outro grupo, mas isso não lhe traz benefício algum. Tanto homofobia quanto bifobia são da mesma origem - a heteronormatividade, porém ainda são distintas. Por exemplo, na homofobia não há o mesmo apagamento que na bifobia.

É uma discussão que acho bem interessante. Até porque é uma daquelas dúvidas que muites gays, lésbicas e bissexuais têm, mas não param muito para investigar.
àO
  Responder
#3
A perspectiva do Vitor é bem interessante, e acho que não discordo dela, mas acho que vale comentar que essa discussão geralmente ocorre num nível "de sistema", na falta de expressão melhor.

Por exemplo, pessoas hétero geralmente são heterossexistas em nível de sistema. Como seus relacionamentos e suas formas de atrações são vistas como "normais" e como "a única forma legítima de ser", pessoas hétero aprendem a ver outras orientações como "simples preferências", como "anormais", como "perversão", como "problema a ser resolvido", etc.

Obviamente nem todas as pessoas hétero são assim, mas é muito mais fácil uma pessoa gay entender que suas atrações são reais e válidas do que uma pessoa hétero entender que a identidade gay é real e válida.

De forma similar, pessoas que sentem atração a um gênero acabam aprendendo mensagens ruins sobre pessoas que sentem atração por mais de um gênero ou por nenhum gênero. Essas ideias são reforçadas pela falta de valorização da diversidade em comunidades "LGBT", originária em políticas de integracionismo ocorridas há algumas décadas. Novamente, nem todas as pessoas "mono" são monossexistas, mas esses ideais são aprendidos e tendem a ser reproduzidos a não ser que sejam desaprendidos, o que acontece mais facilmente para pessoas que vivem a experiência de ser multi/a-spec.

Quanto a pessoas multi serem anti-gay... eu acho que isso é bem raro. Porque a maior parte das pessoas multi ou sente atração pelo próprio gênero ou já é não-binária e por isso já aprendeu sobre questões queer bem além de atração pelo mesmo gênero.

Eu vejo ocasionalmente a ideia de que pessoas que não sentem atração por todos os gêneros estão "discriminando", mas geralmente vejo mais pessoas multi sendo inclusivas de pessoas gays e de lésbicas do que o contrário.

Outra possibilidade seria de pessoas multi que não sentem atração pelo próprio gênero discriminarem contra pessoas que sentem atração pelo próprio gênero, o que nunca encontrei, mas que é possível.

E, é, também tem o que o Vitor mencionou, a possibilidade de pessoas que sentem atração por múltiplos gêneros, mas que preferem ser "socialmente hétero" e discriminar contra pessoas que agem de acordo com sua atração ao mesmo gênero. Talvez até exista bastante gente assim, só que é difícil de saber porque essas pessoas geralmente tentam afirmar sua "heterossexualidade".
  Responder
#4
Ok, uma parte eu entendi: pessoas que sentem atração pelo mesmo gênero e assumem essa atração estariam "no mesmo nível" em relação à discriminação contra pessoas que sentem atração pelo mesmo gênero que pessoas que só sentem essa atração.

Mas e pessoas multi que não sentem atração pelo próprio gênero? Elas não estariam reproduzindo o que não afeta elas? Em um nível similar a pessoas alo perpetuando coisas que só afetam aros/aces, ainda que sua orientação seja discriminada por si só?
  Responder
#5
Pessoas multi que não sentem atração pelo próprio gênero são não-binárias ou aceitam pessoas não-binárias como não-binárias. Na boa, que tipo de pessoa que consegue aceitar gêneros não-binários não aceita relacionamentos entre pessoas do mesmo gênero? P:
  Responder


Possíveis tópicos relacionados...
Tópico: Autore Respostas: Visualizações: Última mensagem
  Entenda os principais medos das pessoas LGBT Maicon Paiva 1 121 09-10-2020, 12:50 AM
Última mensagem: Aster
  TERFs e pessoas intersexo [diadismo, cissexismo, transmisoginia, genitais] altedude 1 918 22-01-2018, 07:06 PM
Última mensagem: Aster
  discourse recente [aviso: exorsexismo, alossexismo, monossexismo, abuso, morte] mimi 4 1.652 31-10-2017, 07:57 PM
Última mensagem: Aster

Saltar para a área:


Usuáries vendo este tópico: 1 visitante(s)